Empoderamento feminino através da moda

Para construção de uma moda justa e sustentável é fundamental apoiarmos e valorizarmos as mulheres que criam, costuram e que fazem a moda acontecer.
Foto por Graham Hunt para Unsplash

A indústria têxtil e de vestuário é, e tem sido historicamente, uma das indústrias dominadas pelas mulheres. Dos estimados 40 milhões de trabalhadores em todo o mundo, cerca de 85% da força de trabalho são do sexo feminino. No Brasil, a Associação Brasileira da Indústria Têxtil (ABIT) afirma que 75% dos 1,5 milhões de trabalhadores da indústria têxtil são mulheresPorém, elas representam uma porcentagem desproporcionalmente baixa de cargos seniors no chão de fábrica e detêm menos de 25% das posições de liderança em empresas da indústria.

Mesmo sendo as principais consumidoras e trabalhadoras presentes na moda, na maioria das vezes, suas opiniões e pontos de vista não fazem parte das decisões dos negócios já que não estão representadas em posições de liderança no setor. 

Segundo a UNESCO:

“As mulheres sempre foram – e permanecem – a influência decisiva na qualidade de vida e bem-estar de suas famílias e comunidades. No entanto, suas necessidades, seu trabalho e suas vozes muitas vezes não são considerados uma prioridade. Como resultado, as mulheres em muitos países não têm acesso igual à educação, saúde, emprego, terra, crédito, tecnologia ou poder político”.

Para mudar esse cenário é  fundamental apoiarmos e valorizarmos as mulheres que criam, costuram e que fazem a moda acontecer.

Um dos primeiros passos é sem dúvida informação. Buscar saber mais sobre as marcas que estamos usando e exigir transparência são atitudes essenciais para promover mudanças no setor. Será que essas marcas  fornecem condições de trabalho seguras e justas, possuem programas de desenvolvimento profissional, valorizam e empoderam as mulheres que trabalham em seus negócios? 

O empoderamento econômico torna as mulheres menos vulneráveis e dependentes, melhoram sua educação, diminuem as taxas de mortalidade infantil e modificam positivamente a qualidade de vida da família em geral.

Outro fator importante é  apoiar designers femininas que criam seus produtos de forma transparente e justa. As mulheres são pioneiras no movimento que está ganhando cada vez mais força para construção de uma moda sustentável e ética e, já temos muitos exemplos de marcas incríveis que precisam de nosso apoio para crescerem e se fortalecerem no setor [ Conheça algumas dessas marcas tão queridas no guia Slow Down Fashion ].

Todos nós temos um papel importante a desempenhar. A moda é divertida e inspiradora mas, mais que isso, tem poder de gerar impactos positivos na vida das mulheres e como consequência colaborar na construção de negócios, economias e sociedades inclusivas e sustentáveis.

Mais  sobre  o  assunto:

Matéria da Business of Fashion – “How can fashion develop more women leaders?

ONU Mulheres – Princípios de Empoderamento das Mulheres 

Relatório empresarial da organização global sem fins lucrativos BSR – “Empoderamento das Mulheres que Trabalham na Indústria da Moda: Três Áreas para Ação Empresarial

Série mostra os bastidores da moda pelo olhar das mulheres – “Elles


Referências

http://consciousmagazine.co/3-ways-empower-women-ethical-fashion/?

mc_cid=4e958c3a27&mc_eid=31c2774ed6https://www.businessoffashion.com/community/voices/discussions/how-can-fashion-develop-more-women-leaders/a-womans-work-how-women-can-get-ahead-in-fashion

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *